Número total de visualizações de página

sexta-feira, 9 de março de 2012

Conquista


Conquista


Quando se conquista o sol

Que mais existe?

Talvez um ser Celeste

A quem o corpo não resiste

Uma fragrância de girassol

O brilho único que me veste

Roupas de amor

Raios de luz em sintonia com o luar

Pétalas de um corpo em flor

Uma conquista para amar

O sol, magia num sorriso

Nada mais belo… Somente eu

Nada mais suave… Somente a brisa

Corpo despido… Noiva sem véu

Vontade em conquista… Sem camisa

Um corpo nu…

Conquista do sol… Teu corpo despido

Astro celeste… Tu

Uma estrela, uma conquista… Cupido

Coito entre sol e lua

Fragrância e essência em louca sedução

Astro conquistado, menina nua

Uma conquista de meu coração

Poder sobrenatural…

Instinto animal…

Amor por um sol em sintonia

Conquista da minha alegria

Ao som do mar, nas aragens de maresia

Ao luar da noite, à luz do dia

Conquista…


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.