Número total de visualizações de página

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Sonho acordado


Sonho acordado


Decidi não adormecer

Acordado quis sentir

A brisa do mar

A lua ao anoitecer

Os anjos a sorrir

A luz do luar

Tu…

Menina que ao meu lado dormia

Tu… O meu sexto sentido

Tu… A minha alegria

Tu… O mar comigo adormecido

Tu…

A minha decisão

A lua que me ilumina

Tu… O meu coração

Tu… O poema que em mim rima

Somente tu…

A fonte da noite não dormida

A vontade silenciosa do meu olhar

Tu… Felicidade acrescida

Tu… Meu sonhar

Meu ser

Tu… Meu anjo do amanhecer

Tu… O meu escrever

No papel até... Adormecer


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.