Número total de visualizações de página

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

O mar... Esse...


O mar… Esse…


Queria chegar junto de ti

O mar… Esse que me percebe

Falou-me do que não vi

Falou-me de palavras, de quem não deve

Falou-me de quem lhe sorri

Queria chegar mais perto

O mar… Esse que me entende

Falou-me de braço aberto

Falou-me em amor, do que depende

Queria falar-te

Queria roubar-te

Palavras do teu castelo

Queria sussurrar-te

Palavras em caramelo

O mar… Esse que me escuta

Falou-me de teu amor

Disse não ser permuta

Disse ser um louvor

O mar… Esse de suores salgados

Falou-me de ti… Em apaixonados

Falou-me do teu poetizar

Falou-me das tuas prosas

Falou-me do teu recitar

Do meu coração em tuas rosas

O mar… Esse que me ralha

Falou-me da nossa saudade

Falou-me que o amor não falha

O amor é pura verdade

O mar… Esse…

Não me esquece

A ti… O mar… Agradece

Eu mereço, ele merece


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.