Número total de visualizações de página

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Erro e perdão


Erro e perdão


No chão

Estavas dobrada

Parecia sem coração

Parecia um pouco de nada

Teu rosto estava escondido

Teus cabelos despenteados

Algo estava ferido

A respiração saía aos bocados

No chão soluçavas

Tuas mãos tremiam

Choravas...

Lágrimas que se ouviam

...

Levantei teu cabelo

Limpei tuas lágrimas com a mão

Olhei teus lábios... Caramelo

Pedi-te um beijo, sem razão

Olhaste-me em azul celeste

Pedi-te perdão

E... Encostada a mim, um beijo me deste

Que consolou meu coração

...

Peguei-te no colo

Levei-te nos meus braços

Sem saber se mereço o mesmo solo

Sinto-me em pedaços

...

Peço desculpa sem pecado

Peço desculpa por ter errado

Peço desculpa por ter magoado

Peço desculpa por não ter visto,

o outro lado.

...

Por vezes magôo sem querer

Por vezes teimo sem saber

Por vezes não ouço o meu perder

Por vezes sou perdoado sem merecer

...

Sei que também sou humano

Faz parte da vida errar

Perdoar não é engano

Perdoar é saber amar


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.